Se você é da década de 80 como eu, provavelmente cresceu imaginando o futuro cheio de tecnologia, naves e robôs, bem no estilo da família Jetsons.

Imagino que você perceba na sua vida, várias tecnologias que estavam presentes nesse desenho que é de 1962.

Deixando um pouco de lado esse saudosismo, vamos pensar um pouquinho sobre esse gigantesco desenvolvimento.

Chega de saudosismo

Não há dúvidas de que a tecnologia trouxe inúmeros benefícios para humanidade, principalmente agora, durante a pandemia. O que seria de nós sem a internet e nossos pequenos aparelhos de comunicação.

Como tudo tem dois lados, precisamos ativar o nosso pensamento crítico e olhar também para os impactos e consequências desse progresso. E já adianto que são muitos.

Me baseei em alguns conteúdos para escrever esse texto, e vou deixar a referência aqui no final, caso você tenha interesse em se aprofundar um pouco mais. E eu espero que sim.

7 pontos críticos

  • Ter a vida facilitada pela tecnologia nos dá a sensação de aproveitar melhor o nosso tempo. Já que aproveitamos melhor nosso tempo, sobra mais tempo, certo? E sobrando mais tempo, podemos fazer mais coisas para sermos ainda mais produtivos, certo? E no fim das contas, que tempo sobra pra gente? Estamos ocupados e conectados 7 dias por semana, da hora que a gente acorda, até a hora de dormir. Estamos dormindo menos também, com sono de pior qualidade.
  • A comunicação tem sido muito fácil, podemos falar com amigos e familiares que estejam em qualquer lugar do mundo. Com o mundo globalizado e conectado, nos tornamos cidadãos do mundo e podemos escolher qualquer lugar do mundo pra estudar, trabalhar e morar. E com que frequência você tem encontrado de verdade essas pessoas?
  • A geração dos nossos filhos… Eles provavelmente não tiveram a experiência de brincar na rua e subir em árvores. Pois quando nasceram, já existiam videogames, computadores, celulares, tablets e internet 24 horas. Parecem pequenos gênios tecnológicos, e com pouquíssima habilidade social. Conhecem pouco sobre si mesmos e não sabem expressar o que sentem.
  • Como tem ficado o planeta diante de tanto progresso? Exploramos todos os recursos. Com tecnologias cada vez mais modernas e nosso desejo de possuí-las, estamos descartando tudo aquilo que deixou de ser interessante. Além da exploração dos materiais criamos montanhas de lixo.
  • A inteligência artificial se tornou realidade e nem a percebemos. Nas redes sociais temos sidos manipulados por elas e seguimos reféns disso.
  • Esperávamos ser mais saudáveis e felizes. Nunca se viu tantos casos de depressão, ansiedade, câncer, suicídio e vícios diversos.
  • E ainda temos o aquecimento global, a crise climática, a extinção de centenas de espécies animais e vegetais.

E agora?

Talvez seja necessário repensarmos esse modo de vida que nos colocou na beira do precipício. Que destrói o planeta, a nossa saúde e ameaça o futuro das próximas gerações.

O que estamos deixando aqui? Quais contribuições fizemos? Nossos netos e bisnetos serão gratos a gente?

Mais além…