É tempo de gerenciar a crise que estamos vivendo.

Não a pedimos, mas ela está aí.
É uma oportunidade e vamos abraçá-la.

Vamos cuidar melhor dos nossos hábitos de higiene.
Vamos ter um tempo de recolhimento em nossas casas, grutas ou cavernas e gestar um novo recomeço.

O isolamento hoje representa a proteção, nossa e daqueles que a gente ama.
Em breve, isso vai passar e você vai redescobrir o valor que tem um abraço, um cheiro, um toque nas mãos e os olhos nos olhos.

Estamos tendo a oportunidade de aprender a ocupar o nosso espaço e nosso tempo.
Podemos habitar a nossa casa, não só pra dormir, mas pra ESTAR NO NOSSO LAR.
Podemos passar mais tempo com os nossos filhos, companheiros e pais. E o que fazer?

Resgate suas memórias, se reconecte ao seu espaço, tire a poeira das suas lembranças de viagem e reconte as histórias que você viveu, veja seus álbuns de fotos antigas.

Traga de volta algumas receitas e cozinhe. Traga de volta algumas brincadeiras e brinque. Tira um som daquele instrumento abandonado ali no canto. Alegre-se.

Estamos estreitando relações. Tendo que encarar conflitos que estavam embaixo do tapete e quem sabe até resolvê-los. Repense, reavalie, pondere, ressignifique e então converse, dialogue, escute, desculpe-se e perdoe.

E quando enfim, voltarmos à vida normal, será que ela continuará sendo NORMAL?
Ou será que estaremos diferentes?

Espero que estejamos diferentes! Que revisitemos nossos valores, que restabeleçamos nossas prioridades.
E que a gente redescubra um sentido mais pleno pra vida!

A natureza tem sentido o impacto da nossa reclusão. E o saldo parece bastante positivo.
Isso pode ser uma mensagem de que é possível um modo de vida em comunhão pacífica entre nós e o planeta em que vivemos.

No tempo livre, observe a natureza, os pássaros, as plantas.
Essa observação vai te trazer calma pra alma.